Chega de acusação baseada em interpretação

Se há de fato algo que possa incriminar o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que sejam apresentadas provas. Chega de interpretações. Todo vazamento à imprensa relacionado à Vaccari é baseado em suposições.

O vazamento da vez diz respeito às mensagens no celular do empreiteiro da OAS, Léo Pinheiro, apreendidas pela polícia federal.

Trecho do que foi vazado deixa expresso, inclusive, que o PT foi o único partido a assumir o fim do financiamento privado nas campanhas eleitorais por entender que esse modelo contamina as relações políticas.

Quando o PT começou a defender o fim do financiamento privado, Léo Pinheiro protestou: “Ficou louco. Isso é hora de demonizar empresário?”

Com relação a Vaccari, não há muito o que explicar. Segundo trecho vazado pela imprensa, a suposição da Procuradoria Geral da União com relação ao seu nome não diz nada, apenas interpretações com base em uma suposta reunião marcada entre o empreiteiro e Vaccari.

Se há a necessidade de criminalizar as doações eleitorais, que as doações de todos os partidos sejam investigadas. Fora isso, é perseguição às doações oficiais de um partido político que conquistou o governo no voto.

Reproduzimos trecho da matéria da Folha que cita o ex-tesoureiro:

VACCARI E AMIGO JW

Em abril de 2013, segundo a Procuradoria, Pinheiro informou a um dirigente da empresa que havia recebido uma ligação de Carlos Augusto Borges, então diretor do Funcef (fundo de pensão da Caixa), dizendo-se preocupado com um aporte para a empresa.

Segundo Borges, indicado pelo PT, o dinheiro do Funcef não saía por oposição dentro do próprio banco.

Pinheiro disse que no mesmo dia recebeu uma ligação de Vaccari para marcar encontro pessoal.

Na interpretação da PGR (grifo nosso), o então tesoureiro do PT, “já mencionado em outros esquemas”, queria receber “parte da propina” pela operação.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s