Secretária de Duque confirma: nunca vi Vaccari na Petrobras

Não há mais qualquer justificativa para manter Vaccari preso, exceto o ‘modus operandi’ da “turma da Lava Jato” que é torturar para o preso falar o que querem ouvir

“Conheço ele da televisão, lá na Petrobras nunca vi”. Essa é a declaração feita à Polícia Federal pela secretária do ex-diretor de Serviços da Petrobras, Maria Elizabeth Patriota, quando indagada sobre João Vaccari Neto. Ela trabalhou com o ex-diretor Renato Duque durante 17 anos e afirmou nunca ter visto Vaccari na Petrobras no tempo em que esteve na empresa. Maria Elizabeth se aposentou em janeiro de 2015, após trabalhar por 35 anos na estatal, conforme matéria publicada no Blog de Fausto Macedo, do Estadão.

Essa informação, na realidade, não é nova. É apenas mais uma evidência dentre tantas outras já apresentadas para comprovar que Vaccari é inocente. O ex-tesoureiro reiterou diversas vezes que nunca esteve na Petrobras, que as doações realizadas ao PT são legais e que todas as acusações infundadas foram devidamente respondidas por ele e sua defesa.

Liberdade já
Ao mesmo tempo em que aguarda a manifestação do Ministério Público sobre o pedido de reconsideração da prisão preventiva, a defesa de João Vaccari ingressou com pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal, que se encontra nas mãos do ministro Teori Zavascki.

Não há justificativa jurídica para manter Vaccari preso, exceto o ‘modus operandi’ do juiz federal Sergio Moro e dos procuradores responsáveis pela Operação Lava Jato, em que consiste: torturar para o preso falar o que ele quer ouvir. É o que estão tentando fazer. Exigimos liberdade já para Vaccari!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s