Por que doações ao PT são propinas e aos demais partidos ‘contribuição eleitoral’?

Todos os grandes partidos receberam doações de empresas citadas na Lava Jato, inclusive o PSDB. Porém, quando o alvo é o PT, vale tudo: de investigação seletiva à prisão ilegal

O esforço para criminalizar única e exclusivamente as doações feitas ao Partido dos Trabalhadores é tão grande que os investigadores e a Justiça não se constrangem em ignorar dados que desmontam suas teses, como os percentuais de doações feitos por empresas investigadas na Operação Lava Jato e as demais.

A relação entre as doações efetuadas pelas empreiteiras investigadas e as realizadas pelas outras empresas aos principais partidos são, em montante, proporcionais, como demonstra a figura abaixo.

Fonte: Informações compiladas a partir de dados do site do TSE

Fonte: Informações compiladas a partir de dados do site do TSE

Até mesmo o jornal O Estado de S. Paulo chegou a esta conclusão óbvia, como é possível constatar na edição de 29 de março de 2015.

Estadao

Então, respondam: Se há crime nessas doações, por que não estão investigando todos os partidos? Por que o único tesoureiro preso é o do PT?

Em meio a uma avalanche de notícias que mais desinformam do que informam, é necessário esclarecer mais uma vez o que reafirmamos desde o início: os principais partidos do País – e não só o PT – receberam doações das empresas investigadas na Operação Lava Jato e de outras empresas. É importante lembrar que os partidos que fazem oposição ferrenha ao governo federal também receberam, conforme já abordamos neste blog.

O que intriga as pessoas de bem, que realmente querem Justiça no Brasil, é o fato de o juiz Sérgio Moro, os procuradores e os policiais federais que fazem parte da Operação Lava Jato ignorarem completamente dados públicos como esses que estamos abordando neste texto.

A resposta parece simples: é a política!

Se não fosse uma questão política, como explicar a ânsia deles de, a todo e qualquer custo, tentar carimbar a tese de que João Vaccari Neto seria o operador responsável por receber dinheiro desviado de contratos da Petrobras? E veja bem: ele teria feito isso por meio de doações oficiais e legais ao partido. Basta uma hipótese jamais comprovada para manter a prisão ilegal do ex-tesoureiro do PT, contestada pela sua defesa.

O absurdo é tamanho que situações cômicas, se não fossem trágicas, acabam transformando a política brasileira em um teatro dos absurdos. Uma delas é o mais recente capítulo sobre o desenrolar da ação do PSDB e da Coligação Muda Brasil – do candidato derrotado nas eleições de 2014, Aécio Neves. Na ação, eles solicitam ao Tribunal Superior Eleitoral a cassação do mandato da presidenta Dilma Rousseff por abuso de poder político e econômico na campanha de reeleição em 2014. Eles receberam doações das mesmas fontes. Se tivessem ganhado pediriam uma autocassação?

O doleiro Alberto Youssef foi ouvido na manhã desta terça-feira, 9, na Justiça Federal, em Curitiba, justamente por causa da ação aberta pelo PSDB no final de 2014. E sabe o que de mais novo tem em seu depoimento? A afirmação de que não participou ativamente de esquemas durante a disputa de 2014 por estar detido. Isso mesmo. Ele estava preso em função da Operação Lava Jato.

Pois vejam só o tamanho do descaramento dessa oposição: em 2010, enquanto o PT arrecadou cerca de 23% do valor total doado pelas empresas citadas na Lava Jato, o PSDB recebeu 20%. Já em 2014, esses valores corresponderam a 25% e 24%. Ora, sejamos francos e paremos com as hipocrisias que sustentam as picuinhas políticas. Os dois principais partidos que polarizaram a disputa eleitoral nos dois últimos pleitos receberam praticamente o mesmo valor dessas empresas.

As informações apresentadas por Vaccari durante seu depoimento à CPI da Petrobras, no dia 9 de abril de 2015, confirmam a proporcionalidade das doações aos grandes partidos e a legalidade das doações obtidas pelo PT.

Fonte: Informações compiladas a partir de dados do site do TSE

Fonte: Informações compiladas a partir de dados do site do TSE

Portanto, chega de hipocrisia para sustentar manchetes em jornais com o claro objetivo de cassar o registro do PT e destruir o legado do partido frente a Presidência da República.

Anúncios

5 respostas em “Por que doações ao PT são propinas e aos demais partidos ‘contribuição eleitoral’?

  1. Pingback: Lava Jato quebra sigilo telefônico do PT e não encontra nada | Luizmuller's Blog

  2. Pingback: A hipocrisia golpista reina na “república do Paraná” | Luizmuller's Blog

  3. Pingback: Processo Kafkiano tem mais fases que Candy Crush | Ficha Corrida

  4. Pingback: DOSSIÊ DE VACCARI CONTESTA TODAS ACUSAÇÕES DO MP | Luizmuller's Blog

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s